Vila Mariana - São Paulo - SP
Vila Mariana
São Paulo/SP

Urologia Unifesp recruta ciclistas para Estudo da Fertilidade Masculina

14/12/2018
visibility 579

O Centro de Pesquisa em Urologia da Unifesp recruta ciclistas para Estudo da Fertilidade Masculina. A Universidade Federal de São Paulo está localizada na Vila Clementino, na Subprefeitura da Vila Mariana.

Em função do aumento do número de Ciclista no cotidiano das metróles, a Unifesp pesquisa sobre Fertilidade Masculina e Ciclismo.

Assim, busca voluntários para avaliar a Qualidade Seminal de Homens - com idade entre 20 e 50 anos - que praticam Ciclismo de baixo e de alto rendimento.

Homens que podem participar da pesquisa

- praticantes de Ciclismo de baixo e de alto rendimentoCiclismo e Fertilidade Masculina
- idade entre 20 e 50 anos
- sem histórico de Cirurgia Urológica
- sem histórico de doenças sistemicas e/ou sexualmente transmissíveis

Segundo a doutoranda Luana Adami, o número de Ciclistas tem aumentado em função do incremento de políticas públicas que estimulam a Prática do Ciclismo em Centos Urbanos. A esta ação pública, que cria de vias específicas para ciclistas, soma-se a necessidade de locomoção que agregue Qualidade de Vida. Ou seja, fugir dos ônibus lotados e dos carros parados nos engarrafamentos. Assim, este novo olhar, atrai investimentos dos setores privado e público.

Entretanto, este novo Estilo de Vida, também chama a atenção da Comunidade Científica. E na Unifesp, no setor de Urologia, pesquisadores, como Luana Nayara Gallego Adami, perguntam-se: qual a saúde do testículo, quando exposto ao choque térmico e mecânico?

Então, Luana explica: "Sabe-se que a prática de alguns esportes de forma intensa, como o ciclismo, tem sido investigada com diversas abordagens por alguns grupos. Dentre elas, trabalhos mostram que a qualidade espermática parece estar afetada no sêmen dessa população específica de homens. As análises feitas nesses trabalhos abordam parâmetros espermáticos contemplados pelo exame do espermograma, ou seja, suas características macro e microscópicas, como volume, concentração, motilidade e morfologia. Entretanto pouco se sabe de fato sobre os eventos celulares e moleculares que ocorrem no sêmen de ciclistas.  Acreditamos na proposta do trabalho devido a alguns fatores:

A metrópole e a Bicicletai) nossa hipótese contempla a temática fertilidade masculina e ciclismo;

ii) a fertilidade masculina vem sendo muito discutida e no campo das causas que podem levar à infertilidade, destaca-se o estresse oxidativo sofrido pelo testículo quando exposto ao choque térmico e mecânico;

iii) dentro deste aspecto o esporte abordado compactua de uma metodologia onde envolve o aquecimento testicular devido ao tempo que o homem fica sentado no banco da bicicleta;

iv) a literatura ainda investiga os possíveis efeitos dessa relação e traz alguns trabalhos com abordagens do ponto de vista de análise seminal por meio do exame de espermograma, assim como abordagens hematológicas avaliando hormônios, citocinas e fatores inflamatórios e imunológicos."

Portanto, caso deseje se voluntariar à pesquisa, entre em contato com a pesquisadora Luana Adami

- telefones (11) 98787-5347 e 3807-4062 ou,
- e-mail luana_adami@hotmail.com

Fonte: Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

Fonte: Luana Nayara Gallego Adami
Biomédica e Mestra em Ciências - Medicina (Urologia)
Doutoranda em Fertilidade Masculina
Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP

Leia também sobre Pesquisa Unifesp sobre Drogas e Infertilidade.