Vila Mariana - São Paulo - SP
Vila Mariana
São Paulo/SP

Mulheres, Câmeras e Telas na Cinemateca Brasileira

12/03/2019
visibility 178

A Cinemateca Brasileira apresenta a mostra Mulheres, Câmeras e Telas, de 14 a 31 de março de 2019.

Toda a programação de Mulheres, Câmeras e Telas na Cinemateca Brasileira é gratuita e os ingressos devem ser retirados uma hora antes do espetáculo.

Mulheres, Câmeras e Telas

Entre as obras exibidas na mostra Mulheres, Câmeras e Telas na Cinemateca estão clássicos do cinema, filmes comercialmente inéditos em São Paulo, sucessos recentes do circuito de festivais de cinema e raridades brasileiras e estrangeiras. Há películas dos EUA, França, Reino Unido, porém, a maioria das apresentações são de filmes brasileiros.

Programação da Mostra Mulheres

Café com CanelaTela externa da Cinemateca Brasileira

- dia 14 de março, às 19h
- dia 24 de março, às 18h
- classificação indicativa 14 anos
- direção: Glenda Nicácio e Ary Rosa
- ano de produção: 2017 - colorido - 100 minutos
- país de origem: Brasil (Bahia)
- elenco: Valdinéia Soriano, Aline Brune, Babu Santana e Arlete Dias

Sinopse: Café com Canela se passa no Recôncavo Baiano. Margarida vive em São Félix, isolada pela dor da perda do filho. E Violeta segue a vida em Cachoeira, entre a adversidade do dia a dia e traumas do passado. Quando Violeta reencontra Margarida, inicia-se um processo de transformação marcado por visitas, faxinas e cafés com canela, capazes de despertar novos amigos e antigos amores.

Salve-me quem puder

- dia 14 de março, às 21h
- dia 31 de março, às 16h
- classificação indicativa 12 anos
- direção: Penny Marshall
- ano de produção: 1986 - colorido - 90 minutos
- país de origem: EUA
- título original: Jumpin' Jack Flash
- elenco: Whoopi Goldberg, Stephen Collins e John Wood

Sinopse: Em Salve-me quem puder uma operadora de computador em um banco é envolvida pelo excitante mundo de intriga internacional, perigo e romance. O início da aventura é quando seu terminal recebe um S.O.S. de 'Jumpin' Jack Flash', um espião britânico que está em perigo na Europa Oriental. De um dia para outro, ela se vê enfrentando as artimanhas dos mais mortais membros da espionagem internacional, da CIA à KGB.Cinemateca Brasileira

Ken Saro-wiwa, presente!

- dia 15 de março, às 19h
- dia 30 de março, às 17h
- classificação indicativa 12 anos
- direção: Elisa Dassoler
- ano de produção: 2017 - colorido - 82 minutos
- país de origem: Brasil, Reino Unido e Nigéria
- título original: Ken Saro-Wiwa, presente!

Sinopse: Ken Saro-wiwa, presente! conta a vida de Ken Saro-Wiwa, escritor e ativista nigeriano que liderou um movimento de resistência pacífica contra práticas de racismo ambiental e genocídio de minorias étnicas na região do Delta do Níger, na Nigéria.

O Pequeno Exército Louco

- dia 15 de março, às 21h
- dia 21 de março, às 19h
- classificação indicativa 14 anos
- direção: Lúcia Murat e Paulo Adário
- ano de produção: 1984 - colorido - 52 minutos
- país de origem: Brasil (Rio de Janeiro)
- título original: O pequeno exército louco

Sinopse: O Pequeno Exército Louco é uma metáfora à guerra civil na Nicarágua e a presença norte-americana no país, desde os anos 30. Como destaque, um dos momentos de maior dramaticidade vividos pelo povo latino-americano: o 19 de julho de 1980, dia da entrada dos sandinistas em Manágua.

Maria Gladys: uma atriz brasileira

- dia 16 de março, às 19h
- dia 31 de março, às 20h
- classificação indicativa 16 anos
- direção: Lúcia Murat e Paulo Adário
- ano de produção: 1979 - colorido - 10 minutos
- país de origem: Brasil (Rio de Janeiro)
- título original: Maria Gladys: Uma atriz brasileira

Sinopse: A carreira artística e o cotidiano da atriz Maria Gladys.

O Guarani

- dia 16 de março, às 19h
- dia 31 de março, às 20h
- classificação indicativa 14 anos
- direção: Norma Bengell
- ano de produção: 1966 - colorido - 91 minutos
- país de origem: Brasil (Rio de Janeiro)
- título original: Maria Gladys: Uma atriz brasileira
- elenco: Tatiana Issa, Márcio Garcia e Glória Pires

Sinopse: O Guarani é uma adaptação do famoso livro de José de Alencar, ambientado no início da colonização portuguesa no Brasil. Quando uma índia aimoré é morta acidentalmente pelo filho de dom Antônio de Mariz, o fidalgo e sua família passam a correr perigo. No entanto, a filha de Mariz, Ceci, é apaixonada pelo índio Peri, que recebe a missão de levar a bela jovem até o Rio de Janeiro para protegê-la do ataque dos índios lutando por justiça.

Tea for two

- dia 16 de março, às 21h
- dia 31 de março, às 18h
- classificação indicativa 14 anos
- direção: Julia Katharine
- ano de produção: 2018 - colorido - 25 minutos
- elenco: Gilda Nomacce, Amanda Lyra e Julia Katharine

Sinopse: Tea for two conta a história de Silvia, uma cineasta de meia-idade em crise com sua vida. Na mesma noite em que é surpreendida pela visita da ex-esposa, que a largou há alguns anos, conhece uma outra mulher que a fascina.Cinemateca

Cléo das 5 às 7

- dia 16 de março, às 21h
- dia 31 de março, às 18h
- classificação indicativa 14 anos
- direção: Agnès Varda
- ano de produção: 1962 - preto e branco - 90 minutos
- país de origem: França e Itália
- título original: Maria Gladys: Uma atriz brasileira
- elenco: Corinne Marchand, Antoine Bourseiller e Dominique Davray

Sinopse: Cléo está preocupada enquanto aguarda o resultado de uma biópsia. Durante duas horas, andando pelas ruas de Paris e conversando em cafés, ela reflete sobre a experiência.

Fabiana

- dia 17 de março, às 16h
- dia 28 de março, às 21h
- classificação indicativa 12 anos
- direção: Brunna Laboissière
- ano de produção: 1962 - colorido - 89 minutos
- país de origem: Brasil

Sinopse: Fabiana, mulher trans, vive como uma nômade caminhoneira por todo o Brasil, durante mais de trinta anos. Porém, a aposentadoria se aproxima e ela deverá deixar para trás suas aventuras na estrada.

My name is now, Elza Soares

- dia 17 de março, às 18h
- dia 23 de março, às 21h
- classificação indicativa 12 anos
- direção: Elizabete Martins Campos
- ano de produção: 2014 - preto e branco e colorido - 71 minutos
- país de origem: Brasil
- título original: My name is now, Elza Soares
- elenco: Elza Soares

Sinopse: Em My name is now, Elza Soares inicia com Elza chegando em casa, em Copacabana. E cara a cara, diante do espelho, desafia numa saga que ultrapassa o tempo, explosões, pedreiras, lama, preconceitos, perseguições, perdas. Mas ela é dura na queda, num rito, nua e crua, ao mesmo tempo frágil e forte, real e sobrenatural, como uma fênix transcende em música e canta gloriosa. Um filme com a cantora, compositora e atriz Elza Soares.

Selma: uma luta pela igualdade

- dia 21 de março, às 20h
- dia 30 de março, às 21h
- classificação indicativa 14 anos
- direção: Ava DuVernay
- ano de produção: 2014 - colorido - 127 minutos
- país de origem: EUA, Reino Unido e França
- título original: Selma
- elenco: David Oyelowo, Carmen Ejogo e Oprah Winfrey

Sinopse: Selma: uma luta pela igualdade é a cinebiografia do pastor protestante e ativista social Martin Luther King Jr. A obra acompanha as históricas marchas realizadas por Luther e manifestantes pacifistas em 1965, entre a cidade de Selma, no interior do Alabama, até a capital do estado, Montgomery. Eles buscam de direitos eleitorais iguais aos dos brancos para a comunidade afro-americana.

O caso do Homem errado

- dia 21 de março, às 20h
- dia 30 de março, às 21h
- classificação indicativa 10 anos
- direção: Camila de Moraes
- ano de produção: 2017 - colorido - 70 minutos
- país de origem: Brasil (Porto Alegre)

Sinopse: O caso do Homem errado relata sobre Júlio César, um jovem negro que foi executado pela polícia, na década de 1980 em Porto Alegre, ao ser confundido com um assaltante.

Juízo

- dia 22 de março, às 21h
- dia 29 de março, às 19h
- classificação indicativa 10 anos
- direção: Maria Augusta Ramos
- ano de produção: 2006 - colorido - 90 minutos
- país de origem: Brasil (Rio de Janeiro)
- elenco: Alessandro Jardim, Daniele Almeida e Guilherme de Carvalho

Sinopse: Juízo é a trajetória de jovens com menos de 18 anos de idade diante da lei. Meninas e meninos pobres entre o instante da prisão e o do julgamento por roubo, tráfico, homicídio.

Hotel Atlântico

- dia 23 de março, às 17h
- dia 29 de março, às 21h
- classificação indicativa 14 anos
- direção: Suzana Amaral
- ano de produção: 2009 - colorido - 107 minutos
- país de origem: Brasil (São Paulo)
- elenco: Júlio Andrade, Mariana Ximenes, João Miguel e Helena Ignez

Sinopse: Hotel Atlântico é a saga de um ator desempregado e frustrado, que embarca numa viagem sem sentido para lugar nenhum; um vôo cego, sem instrumentos. Na viagem, ele encontra o absurdo, o contraditório, situações inesperadas e sem lógica, em meio a personagens bizarros, amantes, suspeitos e sem sentido.

India Song

- dia 24 de março, às 16h
- dia 28 de março, às 19h
- classificação indicativa 18 anos
- direção: Marguerite Duras
- ano de produção: 1975 - colorido - 120 minutos
- país de origem: França
- elenco: elphine Seyrig, Michael Lonsdale e Mathieu Carrière

Sinopse: India Song é a vida de uma esposa rica de um diplomata francês, isolada em um país estrangeiro, que entra em colapso sob o peso do aborrecimento e da angústia.

Mais sobre a Cinemateca Brasileira

Fonte: Cinemateca Brasileira
- Largo Senador Raul Cardoso, 207
- Próximo ao Metrô Vila Mariana
- Telefone: 11-3512-6111

Agora a Cinemateca está mais Próxima do Metrô. A Estação Hospital São Paulo da Linha Lilás está a 10 minutos a pé da Cinemateca Brasileira.
Assista também: Roma, vencedor do Oscar de Melhor Diretor.