Vila Mariana - São Paulo - SP
Vila Mariana
São Paulo/SP

Lavanda: o ponto de equilíbrio da Aromaterapia

07/07/2009
visibility 21750

Lavanda: o ponto de equilíbrio da Aromaterapia

A Lavanda é considerada o ponto de Equilíbrio da Aromaterapia, porque é a planta mais conhecida e estudada pelos Fitologistas. Como é amplamente conhecida, tem vários nomes populares, sendo os mais comuns “Alfazema” e “Lavanda”. Para a Aromaterapia trata-se da “Lavandula officinalis”, “Lavandula angustifolia” ou “Lavandula vera” (sinônimos científicos para a mesma planta).

É uma Flor Roxa Linda e seus campos franceses são famosos por tingir a paisagem de lilás, mas em São Paulo, a Lavanda não dá tantas flores e suas flores têm a coloração mais clara, por características climáticas e de adaptação da planta. Na cidade de Cunha, entre Guaratinguetá e Paraty, há Imensos Lavandários.

Por sua composição química bastante complexa, a Lavanda tem diversas Propriedades Terapêuticas, dentre as quais: anti-inflamatória, analgésica, antidepressiva, anti-reumática, antiespasmódica, cicatrizante, inseticida e tonificante.

Flores Roxas Lindas de Lavanda

Por causa dessa vasta gama de propriedades, ela é muito versátil, pode ser usada para muitos distúrbios, como:

  • problemas de pele (como acne, pé-de-atleta, bolhas e caspa),
  • dores musculares e reumatismo,
  • asma e bronquite,
  • cólicas abdominais e TPM,
  • dor ciática, depressão e stresse.

A Lavanda é realmente impressionante! Por causa disso dizemos que sua principal propriedade é a de Equilibrante. Trabalha em todos os sistemas do corpo trazendo o equilíbrio fisiológico e psicológico.

E o melhor de tudo: Sem Contra-indicações, o óleo essencial da Lavanda pode ser usado por qualquer um: crianças, idosos, grávidas, diabéticos, hipertensos e até animais podem aproveitar os benefícios desse óleo essencial.

Como usar a Lavanda

Algumas receitas para que todos possam desfrutar dos diversos benefícios da Lavanda - lembrando de usar sempre o óleo essencial e nunca essência, para que os efeitos sejam os desejados e não haja efeitos colaterais.

Banho para diminuir estresse, depressão e insônia

  • ml (aproximadamente 4 colheres de sopa) de sabonete líquido neutro (pode ser sabonete líquido para crianças);
  • 2 gotas de óleo essencial de Lavanda.

Aplicar essa mistura na bucha de banho e se ensaboar, deixando agir por pelo menos 5 minutos e enxaguando em seguida, também pode ser usado na banheira, nesse caso dissolva bem a mistura na água da banheira e entre em seguida. Lembre de respirar profundamente e calmamente para que a lavanda possa ter um efeito maior. Não fique mais do que 30 minutos na banheira e não deixe a água muito quente, o ideal é que esteja morna.

Tônico facial anti-acne

  • 10 ml de água destilada;
  • 20 ml de álcool de cereais;
  • 6 gotas de óleo essencial de Lavanda.

Aplicar um pouco em um chumaço de algodão espalhando em seguida pela pele afetada pela acne, não aplicar próximo aos olhos e nos lábios e mucosas. O ideal é aplicar 3 vezes por dia quando a acne estiver pior e aos poucos vai diminuindo para 1 ou 2 vezes ao dia. Lembre de limpar bem a pele antes de usar e nunca espremer as espinhas e cravos, para isso, faça limpeza de pele num especialista.

Óleo de massagem para dores musculares, reumáticas e cólicas menstruais

  • 5 ml (aproximadamente 2 colheres de sopa) de óleo vegetal de semente de uva ou óleo de amêndoas;
  • 2 gotas de óleo essencial de Lavanda.

Aplicar na região de dor com massagem leve, esfregando bem, por 15 minutos, em seguida cobrir a região para que o óleo seja bem absorvido pela pele. Espere pelo menos 3 horas antes de tomar banho, pode-se fazer a massagem à noite e tomar banho de manhã.

No difusor ambiental a vela para harmonia ambiental e tranquilidade

  • Colocar água suficiente para encher ¾ do pote do difusor (pode ser água de torneira, mas o ideal é água filtrada ou destilada);
  • 5 a 10 gotas de óleo essencial (dependendo do tamanho do ambiente).

Deixe a vela acesa enquanto tiver água, se secar a água, apague a vela ou adicione mais água. Uma vez por dia é suficiente, o melhor momento é quando tiver mais gente no ambiente, para que todos possam se beneficiar do aroma.

Faça os produtos diariamente ou pelo menos a cada 15 dias, pois eles não têm uma validade muito longa, pois a Essência evapora lentamente. Aproveite as formas simples de ter uma vida saudável e se sinta bem. Havendo qualquer dúvida ou reação, entre em contato com um aromaterapeuta profissional.

Cassandra S. de Lyra
  • Fisioterapeuta (CREFITO-3: 101787-F)
  • Aromaterapeuta
  • Auriculoterapeuta
  • Pós-graduanda em Psicologia social (IP-USP)
  • Especialista em Fitoterapia (Facis)
  • Especialista em GDS (APGDS)